Matrículas de alunos estrangeiros crescem 112% no Brasil

Com o crescente número de refugiados e imigrantes no Brasil, a rede pública de ensino tem acolhido 64% das matrículas de estrangeiros.

Por Redação / Adaptação Web Rachel de Brito

alunos estrangeiros no brasil

A Rede pública de ensino possui quase 65% dos estudantes imigrantes e refugiados que vieram da América Latina, Europa e Ásia, revela boletim do Instituto Unibanco, que reuniu dados do Censo Escolar entre 2008 e 2016.

O fluxo de imigrantes e refugiados para o Brasil é crescente. De acordo com a Agência da Organização das Nações Unidas Para Refugiados (ACNUR), em cinco anos, as solicitações de refúgio no País cresceram 2.868%. Passaram de 966, em 2010, para 28.670, em 2015.

As matrículas de alunos refugiados e imigrantes saltaram de 34 mil para quase 73 mil alunos estrangeiros em escolas brasileiras, sendo que a rede pública acolhe a maioria deles, 64% de todas as inscrições. São Paulo é o estado que concentra um terço de todas as matrículas do País.

PORTAL ESPAÇO DO SABER língua portuguesa